Aprendizagens

Continuamos a fazer uma espécie de revisão da matéria e a assinalar as dificuldades para agir sobre elas. Os mais velhos podem dar uma ajuda ao trabalharem com os mais novos.
 
 Curto / comprido
 Exercício de escrita de algarismos

Já sabemos que o grande passeio de autocarro será no dia 3 de Junho. Ainda falta muito mas é uma boa notícia.

Lição 51

O trabalho que se vem desenvolvendo tem em conta a etapa em que se encontra a criança. Isto consegue-se trabalhando em pequenos grupos e individualmente. Esta semana estamos a centrar-nos nas dificuldades ou necessidades de cada um para reforçar o apoio necessário à progressão na aprendizagem.


Os mais velhos criaram palavras agregando sílabas e começam já a ler. O Filipe, guiando-se pelo som, conseguiu escrever o meu nome, da Cila e da Sofia! Recebeu uma grande salva de palmas.

Hoje foi também dia de culinária. Fizeram bolachinhas de limão e de chocolate e comeram ao lanche. 

Ontem foi dia de TIC e fomos apanhados no exercício de evacuação da escola Caldeira Alexandre. Portaram-se muito bem.
Também assinalámos o 50º dia de aulas. Está prometida uma festa para o 100º dia de escola. Ontem comeram apenas um rebuçado.


Plano da semana: 26 a 30 Nov


Durante o ano haverão momentos de paragem, não para descansar, mas para nos certificarmos que podemos avançar. É preciso rever comportamentos, reforçar aprendizagens e fazer o levantamento de necessidades que possam estar a passar despercebidas. Será uma semana para reorganizar o grupo e limar arestas.

Pintura aromática

Terminamos a semana com pintura. Aproveitámos as especiarias e criámos tinta aromatizada: café, chocolate, açafrão, alho em pó, caril, pimentão doce, canela, erva doce e cominhos em pó, para polvilhar o desenho.

De manhã participaram no exercício de evacuação. Uma simulação de incêndio para aprender como agir.
Boa semana.


O tacto, o paladar e o olfato

O dia foi dedicado ao sentido do paladar e ao olfato.
 Para cheirar, provar e adivinhar, tivemos o doce e o salgado ( açucar e sal), o ácido (limão), o amargo (café) e muitos outros aromas e sabores (água, leite simples e com chocolate, sumo, canela, caril, cravinho,  açafrão e alho).
 Houve algumas caretas. Tivemos meninos algo desconfiados...
 ... e os aventureiros, prontos para tudo, que quiseram provar tudo.
 Em dia de paladar, fizemos para o lanche, queques com pedaços de bolacha oreo.

Ontem foi dia de testar o sentido do tacto. Com os olhos vendados, tiveram de identificar objetos escondidos na caixa, descrevendo algumas das suas características. 
 


Dia Nacional do Pijama

Chegou o dia esperado! Estava prometida uma tarde de pijama e pés descalços. Os adultos também!
As casinhas dos pijamas regressaram à sala com donativos que serão entregues à Mundos de Vida para que possa ajudar crianças que precisam da ajuda de todos. Ao fim do dia, as casinhas, já vazias, voltaram para casa como recordação.
Pretendia-se uma tarde descontraída e foi o que tivemos. Os sapatos ficaram arrumados a um canto, as mesas também e o chão ficou por nossa conta.  
 Fizeram massagens uns aos outros, primeiro nos ombros e depois, com os dedos, na cabeça.
 Deitaram-se e fingiram que dormiam, que ressonavam, que eram bebés e experimentaram várias posturas.
Com uma venda nos olhos, através do tacto, tentaram adivinhar quem eram os amigos à sua frente.  
 A história "Todos de pijama" foi concluída ontem e por isso, hoje, já todos conheciam o segredo para conseguir ver o pássaro azul.
 Como cada pijama tem "super poderes", fizemos um desfile para apreciarmos os pijamas uns dos outros. Primeiro individualmente, depois em grupo. A música da Jeniffer Lopez marcou o ritmo.
 Não há festa de pijama sem dança. O Youtube forneceu música dançável para abanar o capacete.
 No fim, tirámos a foto de família para mais tarde recordar. Eu estou deste lado, descalça e com pijama às pintas brancas.

Obrigado por colaborar.


Os ouvidos servem para ouvir

Com medo da chuva, a hora do conto veio até nós, evitando que nos deslocássemos à biblioteca da escola Caldeira Alexandre. Contaram a história " Um presente diferente". Depois de ouvirem a história, fizeram desenhos.

Continuamos com os 5 sentidos e dedicámo-nos à audição. Ouviram sons de animais e tentaram perceber de que animais se tratava, e depois, confirmaram com a visualização completa do vídeo (som e imagem).
Com a ajuda do YouTube, ainda ouviram sons de passarinhos e da tempestade. Gostaram muito deste último. Depois foi a vez de descobrir sons semelhantes. Um jogo feito na sala com berlindes, sal, feijões, clipes, etc. Apesar de haver sons muito parecidos, a maioria, não sentiu dificuldades em associar corretamente.


Lembro que terça feira é dia de pijama na escola e de trazer a casinha dos pijamas.
Bom fim de semana.

5 sentidos

Andamos atrasados com os conteúdos do tema da semana mas nem por isso nos perdemos no caminho. A apresentação em ppt foi uma ajuda na abordagem do tema, tendo alguns sido chamados a responder às questões nele colocadas. Seguiu-se um jogo cujo propósito consistiu em identificar os amigos através da expressão vocal, colocando em destaque o sentido da audição.


O trabalho que se seguiu foi de sistematização.

Temos na agenda para amanhã, a hora do conto,na  Biblioteca  Caldeira Alexandre.Só a chuva nos impedirá de ir.


Uma manhã animada

Hoje fomos ver uma demonstração, com cães, da Brigada Cinotécnica da PSP que entusiamou bastante.

 À tarde festejamos o aniversário de mais uma menina.

Quentes e boas!

Depois de tanta chuva, veio o verão de S. Martinho, como reza a lenda, e trouxe o sr. assador de castanhas, que veio ao nosso recreio vender castanhas assadas.
 À sombra das árvores, comemos castanhas e bebemos suminho.

 Depois de comer as castanhas, os meninos do 3º ano, ofereceram-nos um espetáculo de marionetes.

 De manhã fomos à atividade TIC.
O dia passou-se num instante!



Plano da semana: 12 a 23 de nov


   Nas dua próximas semanas exploraremos os 5 sentidos, associando-os aos respetivos órgãos do corpo humano. Serão desenvolvidas atividades de exploração sensorial para cada um dos sentidos. Como é habitual, recorreremos a diversos suportes e recursos de modo a tornar mais apelativa a abordagem pedagógica.
   No domínio da matemática, consoante o grupo de crianças em causa, reforçaremos a aprendizagem do número e algarismo, acrescentando os números 6,7,8,9,10; iniciaremos a aprendizagem da ordenação crescente e decrescente do número e a aprendizagem das noções comprido/curto e estreito/largo.
  No domínio da escrita, os mais velhos irão criar sílabas com as consoantes já abordadas ( b, c ). Os mais novos participarão na contagem silábica de palavras, iniciando com o seu nome.
  No âmbito das expressões criativas, o desenho, a pintura, a modelagem, a dramatização, a música, são algumas das atividades disponíveis no dia-a-dia, ora livres, ora orientadas pelo adulto.
 No dia 13 de manhã iremos ver, no pavilhão polidesportivo, a demonstração de atividades da brigada da PSP. No dia 16, iremos à biblioteca da Caldeira Alexandre, assistir à hora do conto. No dia 20 faremos a festa do pijama.

Caiu gelo do céu

... e fugimos para a sala!
Num instante, o sol deu lugar à queda de granizo, seguindo-se a chuva, e depois, novamente, o sol. Foi uma animação! Foi um fenómeno que até se revelou útil porque a história do dia foi a Lenda de S. Martinho.
 Como é habitual, à sexta-feira, conversamos sobre os assuntos da semana.  Foi o que fizemos hoje e à tarde, ao lanche, comemos castanhas cozidas com erva doce.
Na segunda feira comeremos castanhas assadas. O sr. assador de castanhas vem à escola.

__ "Eu e a Margarida fizémos um desenho para ti."
 __ " Queremos que tires uma tugrafia."

Durante a semana trabalhámos com peças de lego, nos registos matinais e no quadro preto, os conceitos unidade e dezena. Agora passámos a trabalhar no papel e a integrar no quotidiano estes conceitos.

Durante a semana, descobriram palavras que iniciam com a letra c e depois de terem treinado a escrita no quadro de giz, completaram uma ficha de trabalho. 

Bom fim de semana. Bom dia de S. Martinho.

Cores num dia cinzento

Com o dia tão escuro e com tanta chuva, o tempo foi passado dentro da sala. Da janela vimos a chuva a cair com força e os ramos caídos no recreio. É o outono!
Na mesa, em grupos de 4, trabalhámos as sequências, as formas, os tamanhos e continuamos a insistir na aprendizagem das cores.
 O que parecia muito dificil, revela-se simples, e apetece repetir.
Todos os dias trabalhamos o número e o algarismo e temos insistido, sobretudo, com os algarismos até 5. Os jogos e o registo diário da data, têm dado frutos e quando já se consegue fazer sem ajuda, apetece fazer mais. O elogio também sabe bem.

Os mais velhos começaram a registar e a utilizar os termos dezena e unidade. Sem saberem, sem que lhe tivéssemos dado nomes, foram registando as dezenas e as unidades, diariamente, quando assinalam o número de dias de escola em espaços específicos. Agora, que já têm essa prática, utilizamos os termos certos. Agora, é uma questão de treino.

A castanha

A castanha foi a personagem do dia. Viram e tocaram em ouriços e folhas de castanheiro, aprenderam o nome da árvore que dá castanhas e ficaram a saber que em em certos lugares, no dia de S. Martinho, assam-se as castanhas em fogueiras, sujam-se as mãos e pintam as caras uns aos outros. Divertem-se assim no magusto. Foi o que viram em vídeos no youtube e acharam muita piada.
 Ouviram duas canções sobre as castanhas (ainda estamos a aprender), tentaram acertar uma adivinha e ainda fizeram dois trabalhos. Com cola aromatizada com café e erva doce, decoraram uma castanha, juntando ainda a colagem de papelinhos. Depois de ontem termos abordado as noções de pertença, igual e diferente, hoje, completaram um trabalho.

Plano da semana: 5 a 9 de nov.


        A par de atividades integradas no projeto Dia Nacional do Pijama (continuação da história e montagem das casinhas do pijama), desenvolveremos atividades relacionadas com o S. Martinho, centrando a atenção na castanha, no ouriço e no castanheiro.
       No domínio da matemática, serão desenvolvidas atividades com o propósito de identificar diferenças e semelhanças e, de acordo com estes parâmetros, selecionar o que pertence/não pertence a determinado conjunto. Os mais velhos têm vindo a decompor o número e já contactaram com a dezena e com as unidades, sem, no entanto, darmos nomes às coisas. Esta semana começaremos a utilizar estas designações.
     No domínio da escrita, e a coincidir com o tópico em foco esta semana (castanha), trabalharemos a letra C. Os mais novos continuarão com o treino de grafismos.
    No âmbito das expressões criativas, a par das atividades livres, montarão a casinha que levarão para casa, e realizarão outras atividades relacionadas com o S. martinho.
No blogue da sala 9 darei conta dos aspetos relevantes do nosso quotidiano.
Acompanhe-nos!

Hoje é dia do caderno

...ir para casa.
Aproveitem o fim de semana chuvoso para o folhear em família e não se esqueça que ele regressa à sala na segunda feira.

     Acolhemos o projeto do Mundos de Vida conforme informação enviada para casa. Iniciámos hoje a leitura do livro que recebemos, intitulado Todos de Pijama, e iremos descobrindo, aos poucos, o enredo que fala de um pássaro azul e de um pijama com superpoderes. 
Mais detalhes sobre o Dia Nacional do Pijama aqui.


Bom fim de semana.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...