É a rotina a instalar-se

Na primeira semana procurámos aproximarmo-nos uns dos outros através de jogos com arcos. A atividade foi bem sucedida relativamente aos objetivos pretendidos e ainda serviu para perceber quem teve dificuldades em seguir orientações dadas pelo adulto.  Hoje insistimos no jogo com o propósito de melhorar esse aspeto. 
 

À tarde investimos uma boa parte do nosso tempo na montagem de puzzles para perceber quem se mostra mais/menos confortável na execução desta atividade. Serviu também para orientar a criança de modo a tornar mais fácil a tarefa. 

Continuamos a falar sobre as estações do ano e para ajudar a perceber melhor este assunto, passámos a contar com uma ajuda visual. Cada estação aparece associada aos meses do calendário que consta no quadro. 
Hoje ainda assistimos a uma animação que mostra a mudança na paisagem em resultado da sucessão das estações. 

 

Os mais crescidos têm vindo a completar esta tarefa que combina a coloração, contagem, registo do algarismo e escrita. O propósito da escrita da palavra outono prende-se com a utilidade do treino da escrita, que aqui se faz com o uso de palavras com significado. É um modo de ajudar a ganhar a  destreza necessária para a atividade de escrita.
 



Um cheirinho a outono

Tivemos festa! Foi o primeiro aniversário do ano letivo e o primeiro menino a "mudar de casa", passando para o grupo com 5 anos.

A propósito da chegada da nova estação aprenderam uma canção que fala de uma folhinha que cai ao chão. No recreio alguns experimentaram apertar as folhas e ouvir o clic. E faz mesmo!
                                    



Aos mais novos foi pedido que colorissem, usassem a tesoura e a cola. Assim conseguimos observar o desempenho de cada um em cada uma das tarefas e ajudar.

1ª semana concluída!

O início desta viagem correu muito bem. 
Na sexta feira recebemos uma visita vinda da Biblioteca Vicente Campinas que animou a história "Ainda nada?", integrada na Hora do Conto. É uma história engraçada que mereceu muita atenção por parte dos nossos amigos. Portaram-se muito bem porque estiveram sempre com atenção. 
 

Na pintura trabalharam aos pares de modo que os recém chegados aprendessem a utilizar o pincel com os mais velhos.  
 

Fomos entrando na rotina da sala com a integração faseada de tarefas que farão parte dos nossos dias até ao encerramento do ano letivo.
 Organizamos o grupo por idades e ficamos com uma perceção mais clara da idade dos amigos. Quando a criança fizer anos e ficar mais velha, muda de grupo.
 A presença é registada logo de manhã, à medida que vão chegando à escola. Vai-se aprendendo a preencher um quadro de dupla entrada e a escrever o x. Quem já sabe, reforça as aprendizagens. A ordem das crianças (fotografias) orienta-nos na seleção do responsável do dia que irá registar a data e contar os amigos presentes.

O calendário é também a nossa agenda onde registamos os eventos previstos. A criança responsável pela tarefa risca o dia que já passou e indica o dia da semana, mês, ano e estação em que nos encontramos. 


O registo da data ajuda a reforçar a aprendizagem da sucessão dos dias. O registo do número de aula permite ir trabalhando os algarismos. A lição 100 dá direito a festa!

Fazendo amigos

Estamos a dar os primeiros passos na organização das nossas rotinas. Esta tarde dedicamo-nos à preparação dos cadernos. Fizeram um desenho que ajudará a identificar o caderno e ficaram a conhecer a prateleira onde cada um passará a guardar os desenhos e outros trabalhos. Iniciámos também a registo das presenças. Para a maioria das crianças não é novidade (já tinham perguntado pelas presenças!) mas perceberam que subiram na ordem dos nomes porque são mais velhas. Cresceram e isso é motivo de orgulho. 
De manhã fizemos jogos no recreio com o objetivo de aprenderem os nomes uns dos outros e de construir o espírito de grupo que se pretende. Com ajuda de arcos e respondendo à indicação do adulto, foram-se juntando no interior dos arcos e aprendendo os nomes dos colegas. A brincadeira obrigou a perguntar ao amigo o nome, a dizer o nome em voz alta, a cumprimentar com um "bacalhau", a fazer festas nas bochechas, a abraçar. 


Os desenhos mostram a diferença de idades que existe na sala.


O vídeo do Ruca mostra a sua experiência à entrada do jardim de infância, que não é diferente da maioria das crianças. Vimo-lo ontem ao início da tarde para animar os recém chegados. Quem tinha chorado no primeiro dia até se riu depois!


Amanhã vamos experimentar os pinceis!



O que vamos fazer?



    Nas próximas duas semanas o foco da atenção centrar-se-á na necessidade de fazer as crianças sentirem-se integradas na turma. É preciso criar as condições para que se construa um espírito de grupo, de pertença e de segurança, física e emocional.
Serão duas semanas dedicadas a criar e a fortalecer laços afetivos entre os elementos constituintes do grupo, no qual se integram também os adultos, a experimentar materiais e explorar recursos e espaços. 
A vida em grupo implica a necessidade de definir regras de convivência com base no respeito pelo outro e pelas normas que regulam a interação entre todos.  Começaremos, desde o primeiro instante, a reger-nos por elas, integrando, de forma natural, modos de agir e de comunicar.
Serão duas semanas que nos permitirão conhecer as crianças que se juntaram agora à sala e observar as mudanças ocorridas naquelas que nos acompanham desde o ano anterior. Amanhã começaremos a construir a nossa identidade enquanto grupo.


Não doeu nada!

A manhã passou-se bem. Os novos amigos chegaram com vontade de ver e experimentar e voltaram para casa bem dispostos. Apenas um dos novos amigos sentiu saudades dos antigos colegas e mostrou-se triste. É normal. A vida muda e é preciso tempo para se fazer à ideia de algo novo. 
Os outros, os "antigos" da casa, tiveram reações diversas: uns entraram com entusiasmo, outros algo apreensivos com a presença de caras novas, outros, talvez, com saudades dos amigos que já não estão. Ao fim da manhã estavam todos bem dispostos. Esperemos que o fim de semana não cause estragos!

Estas são algumas das novas mãos com que a Sala 9 pode contar.

Estamos de volta!



Reunião com pais e encarregados de educação
9 de setembro às 17.30h na escola António Aleixo

Início do ano letivo 2013 / 2014
13 de setembro - 10h / 12h

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...